Confira como será o rodízio de água da Sanepar em Curitiba e região até dia 26



A falta de chuva significativa segue afetando o abastecimento de água na Região Metropolitana de Curitiba. A semana começou com os níveis dos quatro reservatórios em 33,47%. Nos últimos dez anos, este tem sido o período de maior baixa das barragens que compõem o Sistema de Abastecimento Integrado – Iraí 13,59%; Passaúna 35,54%; Piraquara I 25,25%; e Piraquara II 93,06%.

Segundo informações, a Sanepar antecipa obras e implanta medidas emergenciais que aumentam o volume de água nas barragens.

O objetivo é que o sistema de reservação chegue com níveis mínimos que possibilitem o abastecimento, mesmo que em forma de rodízio, até a regularização das chuvas. Embora o período chuvoso tenha início, no calendário, em setembro/outubro, as previsões dos institutos de meteorologia são de meses com precipitações abaixo da média histórica, segundo o Simepar.

Por isso, o uso econômico e racional da água é imprescindível.

*AEN

0/Deixe seu comentário/Comentários

Seja bem vindo! Deixe seu comentário:

Postagem Anterior Próxima Postagem