Araucária oferece serviço gratuito e sigiloso de prevenção e diagnóstico de DSTs

Foto: Carlos Poly/SMCS
Araucária conta com um serviço muito importante para prevenir e diagnosticar as chamadas doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Trata-se do Serviço de Orientação e Aconselhamento (SOA), que, além de orientar e aconselhar, como o próprio nome diz, também realiza testes rápidos para AIDS, Sífilis e Hepatites Virais (Hepatite B e Hepatite C) e faz o acompanhamento e tratamento nos casos de AIDS e das Hepatites. Chegando ao SOA, a pessoa é orientada sobre as DSTs e aconselhada sobre a importância de se prevenir. Os principais cuidados são: usar camisinha (masculina ou feminina) durante as relações sexuais, inclusive no sexo oral, e não compartilhar equipamentos para uso de drogas (agulhas e seringas, por exemplo) e outros objetos que furam ou cortam, como os usados para fazer tatuagem, colocar piercing e fazer as unhas.

As grávidas também precisam se cuidar, pois algumas doenças podem ser transmitidas para o bebê antes do parto, como a AIDS e a Sífilis (o vírus HIV causador da AIDS e o agente causador da Sífilis podem atravessar a placenta e infectar o feto no útero), e durante o parto, como Gonorreia, Clamídia, Hepatite B e Herpes Genital. Por isso, o uso da camisinha e o não compartilhamento de equipamentos e objetos é muito importante também para as gestantes, assim como o acompanhamento durante a gravidez.

Durante essa conversa, os profissionais do SOA explicam a importância de ficar atento à sinais e sintomas de DSTs, fazem um levantamento de riscos e avaliam a necessidade de fazer os testes rápidos. Depois, com os resultados em mãos, a pessoa é novamente orientada e aconselhada, caso os testes sejam negativos, ou encaminhada para acompanhamento e tratamento das doenças, caso os resultados sejam positivos.

Para a coordenadora do SOA, Cleonice Aparecida de Oliveira, prevenir e diagnosticar rápido são as melhores opções quando o assunto é DST. “As pessoas precisam se cuidar mais para minimizar os riscos. E é muito importante diagnosticar precocemente essas doenças que podem ser controladas, pois, quando o diagnóstico é tardio, a resposta ao tratamento nem sempre é a melhor e a pessoa ainda fica suscetível às chamadas doenças oportunistas”, explica.

Estatísticas
O Serviço Especializado no Atendimento de HIV/Aids e Hepatites Virais do Município de Araucária tem 512 pacientes cadastrados com HIV e atualmente acompanha 332 pacientes. Os 178 pacientes restantes, estão em situação de transferência (52), abandono do tratamento (69) e óbitos (54). O SOA tem ainda mais 219 pacientes cadastrados infectados com o vírus da Hepatite B ou C.

Em 2014 foram 53 novos casos diagnosticados com HIV somente no serviço público, muito superior ao registrado nos anos anteriores, quando a média de casos novos era de 25 casos/ano. Em 2015, até o mês de setembro, foram 27 novos casos diagnosticados no SOA.

Serviço
O atendimento realizado pelo SOA é gratuito e sigiloso. Para fazer os testes rápidos não é preciso encaminhamento médico prévio, nem estar em jejum, basta levar um documento com foto. O sangue é coletado por punção digital (uma picada na ponta do dedo) e os resultados ficam prontos entre 15 e 30 minutos. Endereço: Rua Guilherme de Motta Correa, nº 55 – Centro (complexo do NIS) Telefone: 0800 643 4125 Horário: de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

SMCS

0/Deixe seu comentário/Comentários

Seja bem vindo! Deixe seu comentário:

Postagem Anterior Próxima Postagem